A coordenação de uma Campanha Eleitoral

A coordenação de uma Campanha Eleitoral

Posted by on 14 abr, 2014

comicio

Para se ter uma campanha eficiente é necessário que haja organização para que todas as coordenações caminhem na mesma direção. As ações de cada coordenação numa campanha poderiam ter esforços isolados, mas em se tratando de uma eleição a liderança deve ser centralizada.

Esta é precisamente a função da coordenação geral da campanha: dirigir e coordenar todas as ações que visem atingir o objetivo da vitória eleitoral. Neste papel é necessário ter um coordenador geral na campanha, que será o responsável por dirigir e coordenar todos os aspectos estratégicos da campanha, seja econômico, jurídico, organizacional ou de comunicação.

A função do coordenador geral é de extrema importância para o êxito da campanha, e é aconselhável que o coordenador da campanha, primeiro, não seja o próprio candidato, segundo, deve ser um líder que saiba dizer “não”.

O comando da campanha deve proporcionar um ambiente profissional no que se refere aos aspectos técnicos da campanha.

Na campanha eleitoral o candidato deve se concentrar exclusivamente na exposição pública: eventos, aparição na mídia, porta a porta com os eleitores, entre outros. A coordenação da campanha deve se focar nos aspectos técnicos da campanha eleitoral: jurídico, contabilidade, comunicação, finanças, etc.

A principal função do coordenador geral da campanha e fazer com que a “campanha eleitoral” seja tratada como uma empresa, que tem dia e hora para acabar e tenha êxito.

A coordenação da campanha deve ter autonomia para confrontar e debater os pontos de vista do candidato, na medida que for conveniente para a estratégia eleitoral.

Por Sandro Gianelli

    2 Comments

Post a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *